América do SulBrasilViagens

Aterrissamos no aeroporto de navegantes. Locamos um carro e seguimos em direção a Balneário Camboriú (20 km de distancia).

Chegamos por volta das 11h no HOTEL SANFELICE. Muito bom e organizado.

http://www.sanfelicehotel.com.br/

Todas essas fotos são do site do hotel

Um café da manhã ótimo, e serviço de self-service no jantar.

Uma piscina térmica agradável.

Quartos limpos e confortáveis.

A cidade faz lembrar o Rio de Janeiro em alguns aspectos. Além do monumento ao Cristo, tem a principal via batizada de Avenida Atlântica e um teleférico semelhante ao Bondinho do Pão de Açúcar, com direito a bonitas paisagens de mar e montanhas. O comércio, que oferece lojas de rua, camelódromos e shoppings sofisticados, também entretém os visitantes, que encontram ainda uma farta gastronomia.

Nosso primeiro passeio foi andar de Bondindinho (´dindinho´ mesmo) e conhecer a cidade.

À noite, comemos uma pizza com alguns amigos e conhecemos a rua 24 horas.

www.camboriu.com.br,

www.euamosantacatarina.com.br

No segundo dia, fomos ao Parque Unipraias.

Embarcamos nos ´Molhes da Barra Sul´. Um lugar lindo demais!

Vimos o Barco Pirata ancorado. Por causa do Estevão ainda bebê decidimos não fazer esse passeio, mas quem foi diz que é muito bom! Um verdadeiro espetáculo, com uma coreografia teatral perfeita e envolvente.

Seguimos para a estação Unipraias

Inaugurado em 1999, o sistema de transporte aéreo liga a Barra Sul à Praia de Laranjeiras. O passeio é realizado em um dos 47 bondinhos aéreos, fechados e panorâmicos que se deslocam a uma velocidade máxima de 16 km/h, com capacidade para seis pessoas. Três estações são interligadas entre o lado sul da Orla, subindo até o morro da Aguada e descendo até a Praia de Laranjeiras, sendo o único a ligar duas praias com privilegiada vista da Mata Atlântica e do mar no trajeto todo. O embarque é feito na Estação Barra Sul. O trajeto completo, de ida e volta, tem 3250 metros e dura aproximadamente 30 minutos se for realizado sem paradas

No início dá aquele medinho comum que sinto em todos os teleféricos…

Mas é super seguro, bonito e a vista magnífica!

Várias atrações são encontradas na Estação Mata Atlântica, onde trilhas com passarelas suspensas e mirantes oferecem surpresas a cada passo. Inserido no Parque Ambiental encontra-se o Parque de Aventuras, com circuitos de arvorismo e tirolesa, para aqueles que buscam emoções fortes.

Veja o vídeo:

Inácio e Ana Elisa se aventuraram no trenó de montanha – Youhoo!

Seguimos para a última estação (terceira), a Praia de laranjeiras.

Lá ficamos para passar o dia. E adoramos!

Almoçamos no restaurante “Casa da Lagosta”, bastante premiado na região. Totalmente em frente à praia.

Um delicioso dourado assado com batatas, arroz, branco e salada. Muitoooo bom.

http://www.restaurantecasadalagosta.com.br

No final da tarde, retornamos pelo teleférico novamente, dessa vez, sem medo. Pois a gente só teme o desconhecido…

A volta é bem menos adrenalina.

À noite, fomos ao Cristo Luz

Adorei este ponto turístico; ele tem um jogo de cores que fica lindo a noite.

para uma vista bonita, o ideal é chegar antes das 18h e aproveitar os bares que tem no térreo.

Localizado no cume do Morro da Cruz, a estátua do Cristo Luz tem 33m de altura por 22m de largura. O Cristo segura na mão esquerda um disco que simboliza o sol e emana feixes de luz, permitindo 86 combinações de cores e girando num ângulo de 180 graus, com alcance de até 15km. A estrutura no entorno do Cristo é composta de restaurante, lanchonetes, lojas, área para eventos e estacionamento, e mirantes que permitem singular vista panorâmica da região. Comemos uma pizza lá mesmo e ficamos curtindo a vista.

Às 19h Paramos na sorveteria mexicana “LOS PALETEROS”, um lugar cheio de charme. Tomamos uns dez picolés rsrsrsrs. Um sabor inigualável.

Aproveitamos para visitar a região, Penha, Bombinhas e desfrutar de tudo que esse litoral maravilhoso oferece!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário