DiversosO que você diz quando alguém espirra

Como sabemos, o espirro pode ser um dos sintomas de algumas doenças respiratórias. Mas, seguindo a mesma linha de raciocínio, por que não dizemos “Saúde!” a uma pessoa que acabou de tossir?

Na verdade, o costume vem de tempos remotos. Uns acreditavam que quando a pessoa espirrava, sua alma saía de seu corpo, sendo necessário dizer “Saúde!” (ou algo semelhante) para não ser tocada por algum espírito do mal.

Outros pensavam que, durante o instante do espirro, o coração parava de bater. Desta forma, a palavra funcionaria como uma espécie de cumprimento feito à pessoa que acabara de “voltar à vida”.

Os romanos diriam “que Júpiter cuide de você” ou “Salve”, que significava “boa saúde para você”.

Enquanto isto, os gregos desejariam uns aos outros “vida longa”.

A frase “Deus te abençoe” é atribuída ao Papa Gregorio, o Grande, que a pronunciou no século 6 durante a epidemia de peste bulbônica (espirrar era um sintoma evidente de um tipo de peste).

O termo equivalente “gesundheit” vem da Alemanha e significa literalmente “saúde”.

A ideia é que um espirro normalmente precede uma doença.

O termo entrou na língua inglesa no início do século 20, introduzido nos Estados Unidos pelos imigrantes que falavam alemão.

Quase todos os países no mundo têm seu próprio jeito de desejar o bem de quem espirra. Pessoas de países árabes dizem “Alhamdulillah”, que quer dizer “louvado seja Deus”.

Os hindus dizem “Viva!” ou “Viva bem!”

Alguns países possuem respostas especiais para espirros de crianças.

Na Rússia, depois que uma criança ouve a resposta tradicional, “bud zdorov” (“seja saudável”), também costuma ouvir “rosti bolshoi” (“cresça forte”). Quando uma criança espirra na China, ouvirá “bai sui”, que significa “que você viva 100 anos”.

Mas, o resumo de tudo é que para a grande maioria, as variadas respostas aos espirros se originaram a partir de superstições ancestrais. Sabemos que espirrar é um reflexo. Um espirro pode ser causado pela exposição à luz solar ou pela inalação de um odor forte. Mesmo assim, mantivemos o costume de dizer “saúde”, decorrente basicamente de um hábito ou cortesia comum.

Digo “saúde” se alguém espirra? – não mais, e se disser não se sinta ofendido se ninguém disser “obrigado”. Atualmente não se espera que alguém deseje “saúde” só por ter espirrado, mas no passado era algo que tinha como sentido declarar saúde ao doente –antes da penicilina o povo morria fácil fácil… – e por isso surgiram os dizeres “Deus te crie”, “saúde”. Lembre que tossir e espirrar são atos naturais, nada mais do que isso.

LEMBRE-SE: Boa parte das superstições foi criada justamente para educar pelo medo,