Onde comer:

Comer em Paris faz parte da beleza da viagem, desde um pic-nic em um dos belos jardins da cidade, a comida de rua, até os mais encantadores bistrôs e restaurantes locais fazem parte de uma experiência única.

Comprar pães, queijos e vinhos num mercado ou feira local e apreciar os jardins da cidade, têm tanto encanto quanto ir a um belo restaurante com estrela Michelin.

 

Septime

Se você estiver interessado em alta gastronomia eu sugiro que vá ao restaurante Septime, décimo quinto colocado nos ranking dos 50 melhores restaurantes do mundo, esse restaurante é conduzido pelo jovem chefe, ex-grafiteiro, Bertrand Grébaut, com um toque minimalista, menu sazonal e uma cozinha inventiva de autoria, ele vem conquistando seu espaço no mundo da alta gastronomia.

http://www.septime-charonne.fr/

 

Arpège

Outro restaurante entre os 50 melhores do mundo, é o Arpege, do chef Alain Passard. Com três estrelas Michelin, e uma cozinha tradicional francesa, esse maravilhoso restaurante ficou na oitava colocação em 2019. O chefe Alan produz seus próprios vegetais em sua horta particular nos arredores de Paris, seu cardápio é focado em legumes, sua característica principal é pouca utilização da carne em seu menu. Um chefe alegre e dinâmico que se faz presente na frente da casa, a todo tempo passando de mesa em mesa e conversando com seus clientes.

http://www.alain-passard.com/en/

 

Breizhcafe

 

Ir a Paris é sinônimo de comer um maravilhoso crepe, que é marca registrada da cidade.

Esse café tem um dos melhores crepes da cidade, e fica em um dos bairros mais animados e cool de Paris, o Marais.

https://breizhcafe.com/fr/

 

 

Yam’tcha

 

Se você quer experimentar uma comida mais exótica, tente a mistura de comida chinês-francesa da chefe Adeline Grattard, a chefe harmoniza seus pratos com variações de chás, a delicadeza das louças, ambiente minimalista, poucas mesas, fazem do restaurante um lugar imperdível. Porém a procura é grande, faça reserva antes de ir.

 

https://www.yamtcha.com/

 

Café de Flore

 

Este café é imperdível para quem vai a Paris, local de encontro de grandes escritores e artistas, o café que data desde 1885, teve como habitue ninguém menos que Simone de Beauvoir e Jean Paul Sartre. O café de Flore exala história.

 

https://cafedeflore.fr/?lang=en

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário